Pular para o conteúdo
Início » Blog » O Médico possui a Obrigação de Resultado?

O Médico possui a Obrigação de Resultado?

    Obrigaçao de Resultado por Parte do Médico

    Diferentemente de intervenções médicas necessárias para tratar doenças ou condições médicas, as cirurgias plásticas tem obrigação de resultado. Isso significa que os pacientes têm o direito de esperar resultados específicos e concretos no que diz respeito ao aprimoramento estético prometido pelo médico.

    Essa obrigação de resultado implica que o cirurgião plástico deve cumprir o compromisso de alcançar o efeito embelezador acordado previamente com o paciente. Caso o resultado não esteja de acordo com o prometido, pode ser caracterizado um erro médico.

    Portanto, para garantir a segurança e a satisfação do paciente, é fundamental que o médico cirurgião plástico seja claro e transparente ao discutir as expectativas realistas e os riscos do procedimento antes da intervenção. Além disso, é importante que o paciente forneça informações precisas sobre sua saúde e histórico médico, para que o médico possa tomar decisões bem fundamentadas.

    1. Quando há Erro Médico?

    Se o resultado final da cirurgia plástica não estiver de acordo com o que foi prometido e acordado entre médico e paciente, pode ser caracterizado um erro médico. Isso pode acontecer por diversos motivos, como:

    • Falta de comunicação clara e transparente: É fundamental que o médico seja claro e honesto ao discutir as expectativas realistas e os riscos do procedimento antes da cirurgia.
    • Falha na técnica cirúrgica: O médico precisa ter a habilidade e experiência necessárias para realizar o procedimento de forma correta e segura.
    • Negligência: O médico pode ter sido negligente em algum momento do processo, como ao não seguir os protocolos de segurança ou ao não fornecer os cuidados pós-operatórios adequados.
    • Fatores imprevisíveis: Em alguns casos, mesmo com todos os cuidados tomados, podem ocorrer complicações imprevisíveis que afetam o resultado final da cirurgia.

    2. Como se Proteger de Erros Médicos em Cirurgias Plásticas

    Pacientes:

    • Escolha um cirurgião plástico qualificado: Busque um profissional com boa reputação, experiência na área e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).
    • Comunique suas expectativas: Seja claro e honesto sobre seus desejos e expectativas para o resultado da cirurgia.
    • Tire todas as dúvidas: Questione o médico sobre o procedimento, riscos, benefícios, cuidados pré e pós-operatórios e sobre o resultado esperado.
    • Informe seu histórico médico completo: Forneça ao médico todas as informações sobre sua saúde, incluindo alergias, medicamentos em uso e doenças preexistentes.
    • Leia e assine o termo de consentimento informado com atenção: Este documento detalha os riscos e benefícios do procedimento e garante que você esteja ciente de todas as informações importantes.
    • Conserve documentos e provas: Guarde todos os documentos relacionados à cirurgia, como prontuários médicos, exames, fotos e o termo de consentimento informado.
    • Busque ajuda jurídica especializada: Em caso de insatisfação com o resultado da cirurgia, consulte um advogado especialista em Direito Médico para avaliar seu caso e te orientar sobre seus direitos.

    Profissionais de saúde:

    • Seja claro e transparente: Comunique-se de forma clara e honesta com o paciente sobre as expectativas realistas e os riscos do procedimento.
    • Obtenha o consentimento informado do paciente: O paciente deve estar ciente de todas as informações importantes e assinar o termo de consentimento informado antes da cirurgia.
    • Realize o procedimento com cuidado e diligência: Siga os protocolos de segurança e utilize técnicas cirúrgicas adequadas.
    • Documente todo o processo: Mantenha um registro detalhado do procedimento, incluindo fotos, vídeos e anotações sobre o paciente e a cirurgia.
    • Busque aprimoramento constante: Participe de cursos, congressos e treinamentos para manter-se atualizado sobre as últimas técnicas e procedimentos em cirurgia plástica.
    • Consulte um advogado especialista em Direito Médico: Um advogado experiente pode te auxiliar na elaboração de contratos claros e precisos, na prevenção de conflitos e na defesa dos seus direitos em caso de problemas.

    Quer estar preparado para eventuais insatisfações? Não espere o pior acontecer! Fale comigo para receber uma consultoria e se proteger legalmente de processos médicos!

    • Posts Recentes no Blog :
    Precisa de ajuda?